sábado, 21 de janeiro de 2012

GREVE NO CÂNDIDO FERREIRA

É a política ditando o tom do "quanto pior, melhor". E saber que quando foram contratados sabiam que eram temporários, agora, vem com esta greve, pedindo para continuarem mesmo com o fim do convênio.


Fiquem de olho nos "cabeças" desta suposta greve, com certeza, serão candidatos à vereador na próxima eleição, marquem seus nomes e não votem nestes "defensores das causas alheias", pois, sempre foram contrários à manutenção deste convênio, agora querem agarrar com unhas e dentes a defesa destes contratados para levarem os louros de qualquer conquista às custas da necessidade do povo campineiro.


GREVISTAS EM FRENTE A PREFEITURA DE CAMPINAS