sexta-feira, 25 de maio de 2012

Código Florestal - A Presidente Dilma Entre a Cruz e a Espada

Expira hoje o prazo para a Presidente Dilma sancionar ou não o novo Código Florestal, qualquer que seja a decisão que pode dar margem a muito comentário.

De um lado ficam os ativistas que protegem o meio ambiente pedindo para a presidente vetar todo o projeto. E de outro lado os ruralistas e, alguns bandidos que teimam em se manterem fora da lei, que defendem a imediata aprovação.

Como nada que está ruim, não possa piorar, a presidente enfrenta um dilema terrível. Se vetar o projeto todo pode sofrer um revés no Congresso Nacional, tendo o seu veto derrubado e, assim, transformar a aprovação da lei em decreto legislativo. Sua base não é homogenia, tendo em suas fileiras diversos representantes ruralistas. Se ela resolver vetar parte do projeto, vetando, apenas e tão somente, os excessos que se apresentam nas Áreas de Preservação Permanente (APP), corre o risco de se indispor com as correntes formadas na várias redes sociais.

Mesmo porque estamos prestes a sediar a Rio+20, Conferência do Meio Ambiente, que pode alterar certos procedimentos nos países altamente industrializados, que o Brasil defende a muito tempo e causar constrangimentos nas suas alegações, inviabilizando o discurso a ser defendido. Vejo que a única alternativa seria vetar alguns pontos do projeto para conter os ânimos de lado a lado.

Enfim, creio que o Brasil perderá muito em qualquer decisão que ela tomar. Vamos ficar de olho para que os bandidos não levem a melhor nesta contenda.