segunda-feira, 7 de maio de 2012

REDUZIR ESTÔMAGO PODE SER MOTIVO PARA OBTER DESCONTOS EM RESTAURANTE DE CAMPINAS

Seria cômico, se estivessemos sentados em uma mesa de boteco, mas não é, um veredor de Campinas quer que esta lei seja aprovada. É o fim da picada.

Com certeza será mais um daquelos projetos de lei sem a mínima eficácia e seriedade. Fico tentando imaginar como que o cidadão fará para comprovar a sua condição de gastroplastiado.

O camarada entra em um restaurante e solicita ao garçon que lhe traga uma porção de sei lá o quê para MEIA PESSOA ou, ainda, poderá andar com as suas radiografias ou qualquer outro exame que possa ser visto sem a necessidade de outros aparelhos de leitura comprovando tal procedimento cirurgico, mas, possívelmente o pobre consumidor com estomago reduzido deverá solicitar ao médico que o operou um atestado sob as penas da lei, que deverá ser renovado anualmente através de um alvará de gastroplastia, com a cobrança de uma pequena taxa.

Depois os caras, vereadores no caso, querem que nós respeitemos a "otoridade" deles. Porque não procuram algo produtivo para fazer.

Enfim, estamos sendo feito de palhaços...