domingo, 24 de junho de 2012

Fidelidade Partidária

Às vezes tenho a impressão que vivemos num país onde o "faz de conta" impera. Todos sabemos que os partidos políticos são reféns de seus "filiados com mandato", sejam eles quais forem.

O medo de perder postos importante, faz o partido se curvar aos donos de importantes montantes de votos. Tenho certeza que continuarão a agir desta forma, continuaremos a ter parlamentares em uma coligação e trabalhando para a outra, outros com os seus currais eleitorais sendo abastecidos pelos adversários de outras coligações, enquanto não fizerem uma profunda reestruturação no Código Eleitoral e nas leis que regem as relações partidárias.

Enfim, o partido existe para perpetuarem alguns poucos que os dirigem e, acima de tudo, manda quem tiver a "caneta na mão", o resto é pura balela.