sexta-feira, 8 de junho de 2012

Presidente ou Presidenta?

Quem ainda discutia se a Dilma Rousseff era Presidente ou Presidenta, agora, não terá mais dúvida. É PRESIDENTA, assim ela exige, basta verificar no site, acesse a lei 12.605 de 03/04/2012. Apesar de constar, tanto uma grafia como outra, no Dicionário Aurélio e dela fazer uso como quisesse fizeram uma lei específica tornando obrigatório o uso da flexão de gênero para nomear profissão ou grau de diploma.

Agora a lei MANDA as instituições de ensino público e privado expedirem os diplomas e certificados com a flexão do gênero correspondente ao do sexo. Pois é, tudo conforme determina a lei. O Congresso Nacional, composto por 513 deputados federais, 81 senadores e sei lá quantos servidores, apenas no Senado são mais de 9.000, se preocuparam com esta situação de alta complexidade e de fundamental importância para o País.

Talvez, os outros problemas não fossem tão relevantes quanto chamar a Dilma de PRESIDENTA. Vou repetir uma frase que o meu pai dizia a mim e aos meu amigos quando jogávamos futebol no lote abandonado ao lado de minha casa: “Vou arranjar algumas enxadas capinarem o mato, para vocês criarem vergonha na cara e largarem de ser vagabundos. Vão arranjar algo para fazer.”

A mesma coisa digo aos excelentíssimos deputados e senadores, arranjem algo mais importante para fazerem mais importante do que perderem tempo com alogo que não irá alterar o nosso falido sistema de saúde, a nossa desassistida educação e, muito menos, nossas carcomidas e esburacadas estradas esburacpor este Brasil afora. Enfim façam algo de útil que valha o dinheiro que lhes pagamos e outros que são surrupiados levianamente dos cofres públicos.