quinta-feira, 14 de novembro de 2013

Marina Silva

“Mas eu não sou do PSB, a minha filiação é democrática e transitória. Eu sou militante da Rede de Sustentabilidade, que está funcionando como um partido
clandestino. O PSB de forma democrática e generosa nos acolheu numa filiação transitória, da mesma forma que o MDB fazia a filiação dos partidos clandestinos que não podiam se legalizar na época da ditadura. Eu continuo como porta-voz da Rede, como militante. A nossa relação é uma relação entre dois partidos autônomos”, afirmou a ex-senadora."

Então, como acreditar que uma pessoa que pensa e age desta maneira poderá comandar um país como o nosso. No mínimo uma atitude imoral.

O meu voto ela já perdeu, votei nela na eleição passada, não posso aceitar uma situação desta, de puro fisiologismo de alguém que quer o poder a qualquer custo. Perde ela e perde o PSB, afinal quem aceita este tipo de coisa não é melhor do que o outro.

Também perdeu uma grande oportunidade de calar o bico...

http://correio.rac.com.br/_conteudo/2013/11/tv_correio/120749-marina-silva-faz-palestra-em-campinas.html