domingo, 23 de agosto de 2015

Não Somos Idiotas (por Humberto Freire Filho)

Estamos diante de uma grave crise constitucional nos três poderes, sem precedentes na história brasileira, aliás, nunca se roubou tanto neste país, e parece que a quadrilha não para de aumentar.. Tenho impressão que precisarão enviar reforços ao Juiz Federal Sérgio Moro, ainda teremos o pessoal do BNDES, dos Fundos de Pensões, da Belo Monte, das Usinas Nucleares e das...

NÃO SOMOS IDIOTAS

Leiam uma manchete ridícula que faz jus ao mau caratismo e pouca vergonha dos políticos brasileiros, com raríssimas exceções - Partidos lançam manifesto pelo afastamento - Pois é, deputados de 10 legendas cobram renúncia de Cunha e afirmam que a acusação formal feita contra ele ao Supremo Tribunal Federal (STF) pela Procuradoria Geral da República (PGR) tornou sua situação insustentável. Isso seria louvável se não estivéssemos falando de uma das Casa do poder Legislativo que tem, no Supremo Tribunal Federal (STF), 166 deputados investigados e 36 réus. Dos 513 deputados que compõem a Câmara Federal, 202, mais de um terço do total, não passam de bandidos, sem contar aqueles que ainda permanecem no armário, por sorte ou por serem amigos da rainha. Não tenho a menor intenção em defender o deputado Eduardo Cunha, mas por que só ele tem que ser cassado? Porque tem que ser afastado da presidência da Casa? É para atender o pedido da anta palaciana, temendo um possível impeachment, e aplainar terreno para o mais novo pau mandado do Planalto garantir sua recondução ao cargo de Procurador-geral da República em conluio com o mais novo membro da quadrilha, o mui nobre senador Renan Calheiros? Podridão por podridão, que a presidência da Câmara fique com quem está até que se tenha uma palavra final do STF. Analisando friamente, a permanência de Cunha na presidência da Câmara não deixa dúvidas que os latidos de ambas as partes irão aumentar, mas teríamos um contraponto, um freio nessa promiscuidade que está tomando conta do Legislativo e do Executivo, agora influenciada e intermediada pela Procuradoria Geral da República (PGR). Ali, quanto mais se mexe, mais fede e a sociedade brasileira não suporta mais. A essa altura eu daria a título de sugestão ao deputado Eduardo Cunha a ideia de criar o PIR, Partido dos Investigados e Réus. Assim, já de início, ele contaria com uma bancada de 202 picaretas com imunidade, prontos para lhe dar apoio. E não poderia ser diferente, são todos praticantes do ofício. Para finalizar, quero transcrever a citação de Mahatma Gandhi oferecida pelo procurador Rodrigo Janot em sua denúncia contra o presidente da Câmara - "Quando eu me desespero, eu me lembro que, durante toda a história, os caminhos da verdade e do amor sempre ganharam.Tem existido tiranos e assassinos e, por um tempo, eles parecem invencíveis, mas no final sempre caem. Pense nisso: sempre" - Pergunto: senhor Janot, o presidente do Senado vai cair? Quando?
Humberto de Luna Freire Filho