quinta-feira, 10 de setembro de 2015

Desobediência Civil

Já pagamos muitos impostos e nunca recebemos de volta na mesma proporção, apenas, migalhas... Além da tabela do imposto de renda se manter muito abaixo da correção, calculo algo em torno de 75% e, desta forma, pagamos mais imposto do que deveríamos, agora querem criar mais uma faixa de descontos e não pensem que só irá prejudicar que ganha mais, é mais uma conversa mole para boi dormir, pois, quando se aperta quem esta confortavelmente no topo da pirâmide, logo vem a resposta para a base. A conversa é sempre a mesma para jogar o prejuízo no colo do povão: aumento dos insumos e da matéria prima, corte na produção e demissões sem limites.
E quem acaba pagando todos os desmandos são aqueles que ganham um salário mínimo por mês, sempre foi assim e continuará, se não tomarmos medidas extremas contra esta onda de aumento de impostos.
O que mais me irrita nestas conversas é que iremos pagar, mais uma vez, por aquilo que algo que não fizemos...
O governo gasta sem medidas, os políticos e grandes empresários roubam sem escrúpulos, aprovam benesses por conta própria, aumentam os próprios salários e o povão que lasque e pague por aquilo que não causou...
Já que a maioria do povo nada faz e não se rebela, preferindo reclamar, apenas pelas páginas sociais da internet, sou à favor de aplicarmos a DESOBEDIÊNCIA CIVIL.
Um protesto político para nos opor a mais esta injustiça que será cometida pelos mesmos que nos roubaram, aumentar impostos não é a solução.
Precisamos exigir destes larápios, que comumentes chamamos de políticos, outras atitudes:
1.) Reduzir, pela metade, o número de cargos eletivos;
2.) Cortar 2/3 das contratações de assessores, que nunca passam de "aspones", e que sejam contratados apenas os necessários para suprir cargos técnicos e específicos e;
3.)  Extinguir 2/3 dos ministérios e secretarias estaduais e municipais.
A desobediência civil deu certo com Mahatma Gandhi no processo de independência da Índia e do Paquistão e por Martin Luther King na luta pelos direitos civis e o fim da segregação racial nos Estados Unidos, por quê não haveria de dar certo com os brasileiros?
Basta ter coragem de encarar o que vier... Pois, a máxima do Tiririca que "pior que tá num fica" tem tudo para não acontecer e poderá ficar, sim, muito pior do que está...




http://economia.uol.com.br/noticias/valor-online/2015/09/10/levy-afirma-que-ajuste-fiscal-vai-exigir-o-sacrificio-de-todos.htm