sábado, 25 de fevereiro de 2012

INVESTIGAÇÕES SOBRE OS DESMANDOS DA SECRETARIA DE URBANISMO DE CAMPINAS

Há algo de estranho no ar. Denúncias de irregularidades nas emissões de alvarás para construções não param de acontecer e a Câmara Municipal não abre uma linha de investigação sobre os ex-administradores da Secretaria de Urbanismo. Estão esperando o que? Será que existe mais podridão do que possamos conceber? A Câmara tem de se posicionar e tomar uma atitude concreta com relação a estes desmandos que aconteceram, prejudicando muitos campineiros que confiaram nos órgãos públicos para adquirirem um teto para residirem, gastando todo o dinheiro que tinham para este fim. Sabemos que todos os projetos imobiliários passam por esta secretaria e, não seria nada espantoso descobrirem mais “maracutais” perpetradas pela quadrilha vinda de Mato Grosso, devidamente acobertada por alguma caneta mal intencionada. Não adianta lutarem somente para destravar estes projetos, a população precisa e exige que as responsabilidades sejam apuradas e devidamente punidas.

sábado, 18 de fevereiro de 2012

A VERDADE DOS REPASSES AOS ESTADOS BRASILEIROS


Entendam porque querem criar mais 7 estados brasileiros nas Regiões Norte, Nordeste e Centro-Oeste.

Vejam abaixo quanto cada Estado paga ao Governo Federal via arrecadação de Impostos. Quanto recebe de volta do governo federal. E na terceira coluna a diferença
positiva (pagou mais do que recebeu) ou negativa (recebeu mais do que pagou)

Maranhão - 1.886.861.994,84 - 9.831.790.540,24 - (7.944.928.545,40)
Bahia - 9.830.083.697,0 - 17.275.802.516,78 - (7.445.718.819,72)
Pará - 2.544.116.965,09 - 9.101.282.246,80 - (6.557.165.281,71)
Ceará - 4.845.815.126,84 - 10.819.258.581,80 - (5.973.443.454,96)
Paraíba - 1.353.784.216,43 - 5.993.161.190,25 - (4.639.376.973,82)
Piauí - 843.698.017,3 - 5.346.494.154,99 - (4.502.796.137,68)
Alagoas - 937.683.021,32 - 5.034.000.986,56 - (4.096.317.965,24)
Pernambuco - 7.228.568.170,86 - 11.035.453.757,64 - (3.806.885.586,78)
Rio Grande do Norte - 1.423.354.052,68 - 5.094.159.612,85 - (3.670.805.560,17)
Tocantins - 482.297.969,89 - 3.687.285.166,85 - (3.204.987.196,96)
Sergipe - 1.025.382.562,80 - 3.884.995.979,60 - (2.859.613.416,71)
Acre - 244.750.128,96 - 2.656.845.240,92 - (2.412.095.111,98)
Amapá n- 225.847.873,82 - 2.061.977.040,18 - (1.836.129.166,36)
Rondônia - 686.396.463,36 - 2.488.438.619,93 - (1.802.042.156,57)
Mato Grosso - 2.080.530.300,55 - 3.864.040.162,26 - (1.783.509.861,71)
Roraima - 200.919.261,72 - 1.822.752.349,69 - (1.621.833.087,97)
Mato Grosso do Sul - 1.540.859.248,86 - 2.804.306.811,00 - (1.263.447.562,14)
Goiás - 5.397.629.534,72 - 5.574.250.551,47 - (176.621.016,75)
Amazonas - 6.283.046.181,11 - 3.918.321.477,20 - 2.364.724.703,91
Espírito Santo - 8.054.204.123,90 - 3.639.995.935,80 - 4.414.208.188,10
Santa Catarina - 13.479.633.690,29 - 5.239.089.364,89 - 8.240.544.325,40
Minas Gerais - 26.555.017.384,87 - 17.075.765.819,42 - 9.479.251.565,45
Paraná - 21.686.569.501,93 - 9.219.952.959,85 - 12.466.616.542,08
Rio Grande do Sul - 21.978.881.644,52 - 9.199.070.108,62 - 12.779.811.535,90
Rio de Janeiro - 101.964.282.067,55 - 16.005.043.354,79 - 85.959.238.712,76
São Paulo - 204.151.379.293,05 - 22.737.265.406,96 - 181.414.113.886,09

Dos 26 Estados da Federação:-
18 = Dão Prejuízo (Recebem pra Viver)
08 = Dão Lucro (Pagam pra Viver)
Dos 8 que pagam (317.118.509.459,69) 1 só (São Paulo = 181.414.113.886,09) paga mais que os outros 7 juntos (135.704.395.573,60)
 ·  ·  · há 57 minutos próximo a Campinas

APOSENTADORIA DOS SERVIDORES PÚBLICOS

Foi aprovada a PEC 270/08 em favor do restabelecimento do direito dos servidores públicos, de todo o país, de se aposentarem, com salário integral, nos casos de invalidez permanente. Gostaria de saber dos nobres deputados o porque desta diferença no tratamento entre os servidores públicos e os da iniciativa privada? Será que o funcionário público trabalha mais que os outros? Gostaria que também me explicassem porque o aposentado por invalidez deva receber salário integral e o que se aposenta por tempo de serviço, não? O problema das leis brasileiras é que se bonifica uns e outros, quando todos deveriam ter os mesmos direitos e obrigações. Desta forma nunca chegaremos a lugar nenhum, pois, aqui quem grita mais alto, leva!